URGENTE: Faltam poucos dias para a troca dos servidores do SEFAZ!

Informamos a todos os clientes, que devido a mudança do servidor da fazenda estadual, será necessário atualizar o sistema em todos os clientes que emitem notas fiscais eletrônicas, notas fiscais eletrônicas de consumidor e fretes eletrônicos.

 

Apartir do dia 01 de outubro de 2015 o programa gerente fácil não emitirá mais documentos eletrônicos para os usuários com o sistema desatualizado.

Por isso pedimos que entrem em contato com nosso suporte através no nosso chat online em http://www.infopzo.com.br , através do nosso whatsapp +55 49 8404 6333 , ou ainda pelo nosso telefone (49) 3366 2406.

 

Abaixo o texto publicado pela SEFAZ.

 

 

DESATIVAÇÃO EM 01/OUT/2015 DO AMBIENTE DE AUTORIZAÇÃO DE DOCUMENTOS
FISCAIS ELETRÔNICOS (NF-e, NFC-e, CT-e e MDF-e)

 

 

 

Receita Estadual informa que o ambiente “antigo” de autorização de documentos eletrônicos das empresas será desativado em 01 de outubro de 2015:

A Receita Estadual do Rio Grande do Sul informa que os contribuintes que não migrarem seu sistema de emissão de documentos fiscais para o novo ambiente de autorização de uso ficarão sem poder emitir seus documentos fiscais eletrônicos (NF-e, NFC-e, CT-e e MDF-e).

O ambiente antigo de autorização será desativado em 01/out/2015, e não mais poderá ser utilizado para solicitação de autorização de uso de documentos eletrônicos nem para quaisquer dos demais serviços associados (consulta, cancelamento, etc.).

Por outro lado, o novo ambiente, que desde abril de 2015 é o ambiente oficial de emissão, possui disponibilidade e capacidade de atendimento muito superiores às do ambiente que será desativado. O ambiente “novo” está instalado em dois locais distintos, que permanecem sempre ativos simultaneamente, conferindo-lhe altíssima disponibilidade, e é capaz de suportar problemas técnicos sem afetar a operação das empresas, além de possuir melhor performance e mais capacidade de processamento nos serviços vinculados a autorização de Documentos Fiscais Eletrônicos.

 

O que as empresas devem fazer para poderem continuar emitindo seus documentos fiscais eletrônicos após a desativação do ambiente antigo?

Para não correr o risco de ficar sem emitir seus documentos fiscais a partir da desativação do ambiente antigo, as empresas precisam atualizar seus sistemas emissores de documentos fiscais:


- Empresas que utilizam o emissor de Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e) no site da SEFAZ não precisam se preocupar, pois o emissor já está preparado para utilizar o novo ambiente. 

 

 

- Empresas que utilizam os emissores gratuitos disponibilizados pelo fisco devem garantir que estão utilizando a última versão dos aplicativos emissores em todos os pontos de emissão da empresa.

- Empresas que utilizam sistema próprio de emissão devem trocar em seus sistemas os endereços de internet (URL dos Web Services) pelos quais a aplicação emissora se comunica com o ambiente autorizador da Receita Estadual. A lista dos novos endereços (URL) está publicada nos Portais Nacionais, na página da SEFAZ/RS e relacionada no anexo desta notícia.

 

Sobre a autorização de documentos fiscais eletrônicos no RS:

Atualmente são autorizados no RS, por dia, mais de 2 milhões de documentos fiscais eletrônicos, entre notas fiscais, conhecimentos de transporte e manifestos de carga, emitidos por mais de 400 mil empresas do país. Isso porque, além de atender aos contribuintes gaúchos, o Rio Grande do Sul também fornece a diversas outras Unidades Federadas o ambiente para a autorização de documentos eletrônicos.

Você Gostará de Ler Também: